Gastronomia

PRATOS TÍPICOS
Dadas as origens da Freguesia, o peixe é um elemento fortemente procurado e utilizado na gastronomia de São Pedro, nas mais variadas formas, tais como Cozido, Grelhado, Caldeiradas, Fritos, Pitáus, Massadas, Enxambrados, Salgados ou Moirados, de Cebolada e de Escabeche.
 
Para além disso, são iguarias desta Freguesia as Bolas de Milho com recheio de sardinha ou petinga salgada (demolhada a propósito q.b.), de carne de porco, entremeada ou chouriço caseiro; e as Broas de Milho, para a cozedura das quais ainda se utilizam os fornos caseiros.
As sopas mais características são as de feijão com hortaliça, durante o Inverno, sendo feitas em quantidade para que sobre para fazer as famosas Papas de Farinha da sopa com sardinha assada salpicada ou salgada.
 
Entre tantos outros, são ainda referenciados os pratos de Bacalhau cozido com batatas com pele, cortadas a meio, com ou sem couves, frito com açorda (do pão que ia crescendo), grelhado na brasa com batatas a murro; Samos cozidos com batatas ou guisados, ou ainda com grão; Caras de Bacalhau com batatas e hortaliça; Línguas de Bacalhau fritas ou cozidas com batatas ou de caldeirada.
 
Os Carapaus grandes, também designados por chicharros, langões, escalados ou salgados, cozidos com grelos, assim como as Cavalas, são bastante apreciadas, com umas rodelas de nabo e grelos.
 
Os Carapaus pequenos, as Sardinhas e as Petingas, assados, fritos ou de escabeche, com salada de alface ou tomate e batata cozida com pele, são bastante procurados, prestando-se às mais variadas confecções proporcionam grandes ambientes sociais.
 
Os Carapaus enxambrados, assados levemente acompanhados com broa ou batata cozida são de fazer crescer água na boca.
 
As Caldeiradas de um só peixe ou de peixe variado têm um aroma profundo de cheirar bem.
 
As Massadas de Bacalhau, de Cavalas, de Patas Roxas, de Cherne, de cabeças de Maruca ou postas de Maruca sabem a autêntica maresia.
 
Os Grelhados de Robalo, Sável e de Lulas em fogareiros na rua, o Arroz de Lampreia e a Raia de pitáu representam valores tradicionais de muitos anos.
 
Os Pratos Ensalsados com cebola dos bocadinhos de Chocos, de Polvo ou de Ovas são um aperitivo excelente.
 
Todos estes sabores podem ser encontrados em alguns restaurantes, em casas particulares ou em vários locais onde grupos da petisqueira se reúnem, sendo a confecção feita pelo homem mais experiente.
 
Por aqui, não existem cerimónias servindo de travessa na mesa.
 
Os Bivalves da Crôa da Burra são uma componente de marisco sazonal. Desde Berbigões, Mexilhões, Ameijoinhas e Ameijoas Rainha abertas das cascas, até aos Lingueirões de Canudo (Canivetes) grelhados ou guisados estabelecem o prazer de uma agradável mariscada.
 
DOCES REGIONAIS
Fazem parte da confeitaria da região, Arroz Doce ( arroz, água, leite, casca de limão, açúcar e um pouco de margarina) e Filhós de Abóbora ( abóbora, canela, raspa de branjo, ovos, fermento e farinha).
 
Para não esquecer a manufactura do passado, ainda se observam embarcações em miniatura, cujos artífices estiveram ligados ao mar e ao rio.
 
Os materiais utilizados são a madeira, o bronze, lata, pano cru, linhas e todo um leque de materiais apropriados, cujo trabalho é elaborado em casas particulares.
 
Toda esta arte e habilidade podem ser apreciadas na Procissão em honra de São Pedro, através dos seus mais diversos andores.